Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2015

CAPA PRINCIPAL DA EDIÇÃO 483

Imagem

EDITORIAL

Três mil famílias e uma esperança
A assinatura de um TAC, sem a devida argumentação social, veio traumatizar quase três mil famílias de serventes e merendeiras da rede de ensino público do Amapá que pertencem aos quadros da Unidade Descentralizada de Execução (UDE) e, um débito previdenciário, para a atual gestão estadual de mais de R$ 150 milhões, além de outras dívidas trabalhistas.
Na gestão de Camilo Capiberibe, que após assinar o TAC, não o cumpriu e, em outubro de 2013, seis meses depois, o MPT, deu-lhe mais uma chance e firmou um termo aditivo, garantindo um novo prazo de 180 dias para rescisão dos contratos, o pagamento do saldo de salários e a garantia aos trabalhadores do saque dos depósitos do FGTS referentes ao período dos contratos de trabalho nulos. Apesar disso, as obrigações de novo não foram cumpridas pelo governo.
Então o MPT acionou a Justiça do Trabalho, que determinou a execução do Termo de Ajustamento de Conduta, e fixou um prazo de 90 dias para a atual administraçã…

ARTIGO DO GATO

Imagem
Ainda nos resta Carmem Lúcia
"Na história recente da nossa pátria, houve um momento em que a maioria de nós, brasileiros, acreditou no mote segundo o qual uma esperança tinha vencido o medo. Depois, nos deparamos com a Ação Penal 470 e descobrimos que o cinismo tinha vencido aquela esperança. Agora parece se constatar que o escárnio venceu o cinismo. O crime não vencerá a Justiça. Aviso aos navegantes dessas águas turvas de corrupção e das iniquidades: criminosos não passarão a navalha da desfaçatez e da confusão entre imunidade, impunidade e corrupção. Não passarão sobre os juízes e as juízas do Brasil. Não passarão sobre novas esperanças do povo brasileiro, porque a decepção não pode estancar a vontade de acertar no espaço público. Não passarão sobre a Constituição do Brasil”, disse a ministra Carmem Lúcia (STF). Eu não poderia estabelecer nosso diálogo semanal sem o pensamento ministerial de uma mulher da envergadura moral da ministra Carmem Lúcia. Mas é importante registrar, ex…

Zona Franca Verde

Imagem
Zona Franca Verde
Regulamentação aguarda assinatura de Dilma
Reinaldo Coelho

A lei federal de criação da Zona Franca Verde (ZFV) no Amapá é de autoria do senador José Sarney e foi aprovada 2009 e a minuta do decreto de regulamentação da área econômica foi elaborada pelo Ministério de Indústria e Comércio (MIC) e encaminhada para aprovação da presidência da República e que deverá ser assinada a qualquer momento, de acordo com a informação repassada pelo titular do MIC ao senador José Sarney patrono da legislação de criação ZFV.    
Depois de o decreto ser assinado pela presidente Dilma Rousseff, a instalação deve ocorrer em um prazo de 90 dias e indústrias poderão se instalar no Amapá e produzir a partir da extração, coleta, cultivo ou criação de animais no Estado.
Já se passaram seis anos da criação do setor econômico e por falta de vontade e engajamento político por parte da gestão anterior, que ao longo dos últimos quatro anos não se realizou nenhum tipo de mobilização para a regulamenta…

NAS GARRAS DO FELINO

Imagem
Nas garras do felino
Pancadaria a vista Vamos ver onde vai dar a guerra deflagrada do Gazeta contra o presidente da Câmara de Vereadores do Amapá, Acácio Favacho. Quem terá Êxito nessa empreitada.
Osmose Pela fúria de Sillas Júnior o deputado Júnior Favacho deve colocar as barbas de molho. Sillas diz que vai do mamando ao caducando. Igual índio xavante das alterosas.
Doril O comportamento dos deputados estaduais com relação aos funcionários do Caixa Escolar foi bizarro. Na audiência pública realizada pela deputada Marília Góes, para discutir a situação da categoria, apenas Marília, Ericláudio e Paulo Lemos compareceram. O resto não deu as caras por lá. Depois perdem o mandato e ficam procurando culpados.
De olho O Ministério Público diz que vai estar vigilante com relação a apuração das responsabilidades por mais um crime ambiental cometido pela Ferreira Gomes Energia e que irá cobrar dos responsáveis. Espero que com juro e correção monetária, os caras são reincidentes.
Silêncio suspeito É inco…

MATÉRIA DE CAPA

Imagem
MARÍLIA DEBATE SOLUÇÃO PARA UDE




Reinaldo Coelho Da Editoria
A situaçãodos quase três mil trabalhadores da Unidade Descentralizada de Execução (UDE) foi analisada em audiência pública, na última sexta-feira (27) realizada na Assembleia Legislativa do Amapá, proposta pela deputada Marília Góes (PDT). A UDE tem cerca de 3 mil trabalhadores e uma dívida ativa de R$ 167 milhões. São pendências com o pagamento de folha de pessoal, indenizações, férias, INSS, FGTS e outros benefícios. Hoje técnicos do governo estimam para regularizar tudo isso levará aproximadamente 10 anos. Os especialistas afirmam que a situação nesse nível em função de um Termo de Ajustamento de Conduta assinado pelo governo passado e o Ministério Público do Trabalho que acabou prejudicando esses trabalhadores. Diante da dificuldade por qual passam esses trabalhadores a deputada Marília Góes entrou com um  requerimento solicitando uma Audiência Pública. O documento foi aprovado por unanimidade.


O objetivo do evento é encontra…

Segurança Pública

Imagem
Segurança Pública » Celular, distração perigosa.



Reinaldo Coelho
Roubos e furtos a pedestres aumentaram nos cinco primeiros meses de 2015, em relação ao mesmo período do ano passado. A polícia alerta que o uso do aparelho em público facilita a ação criminosa. É comum ver pedestres falando ao celular ou enviando mensagem de texto enquanto caminham pela cidade. Na região central do Macapá, o ‘Tribuna’ flagrou vários casos de distração perigosa.
Esses casos são apontados pelos órgãos de segurança pública como fatores atraentes para bandidos, pois a distração provocada pelo uso do aparelho facilita a ação criminosa. “Eles observam se a pessoa está atenta. Se não estiver, aproveitam para agir. Os bandidos preferem a facilidade oferecida pelos distraídos”, explica o porta-voz da corporação militar.
No centro comercial dois jovens foram abordados por uma dupla de assaltantes nas proximidades da Praça Veiga Cabral, e tiveram os seus Smartfones roubados. A Polícia Militar foi acionada e encontrou o…

NOMOFOBIA

Imagem
NOMOFOBIA  Dependência digital e a nova doença da humanidade
Reinaldo Coelho




– “Não aguento mais, preciso dele”. –
O pedido angustiado acima poderia ser comparado ao de um dependente de drogas, mas não é de alguém que estava a apenas cinco minutos distante do celular. Ainda que pareça exagerado, esse tipo de reação não é incomum entre crianças, adolescente e adulto. Eles são o que muitos especialistas batizaram de vítimas da dependência digital, e teriam o que a ciência diz poder ser, sim, um tipo de vício.
No caso dos smartphones, o fenômeno já ganhou até nome próprio: ‘nomofobia’. O termo vem da expressão "no-mobile fobia", e se refere ao mal-estar ou ansiedade apresentados quando essas pessoas não estão com seus celulares. A definição foi cunhada há alguns anos na Inglaterra, após uma pesquisa da empresa SecurEnvoy mostrar que 66% dos ingleses sofriam do medo de perder ou estar longe dos seus telefones celulares.
Enquanto o número de usuários assíduos cresce ao redor do mundo, …