Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2012

CAPA DA EDIÇÃO 290

Imagem

Editorial da Edição 290

Defendendo o Amapá
É obrigação das autoridades e da sociedade civil organizada, está de atalaia na defesa dos interesses do Amapá. Dá ou deveria dá no amapaense uma inveja saudável dos paraenses, que defendem com unhas e dentes o que é deles e do estado deles. Estão certíssimos. Jesus Cristo deixou registrado nos anais bíblicos, que todo reino dividido entre si mesmo será arrasado. Será que o Amapá não caminha para esta desdita? Vimos com preocupação as divisões ideológicas influenciarem nas decisões, que deveriam ser tomadas em prol do coletivo. Então caminhamos para onde? Qual futuro nos aguarda? Certos comportamentos, de pessoas que vivem em nossa sociedade e que já migraram para cá com uma vasta folha corrida de crimes, e aqui, na relação social, continuam com a sanha criminosa ativa, deveriam ser vistos com reservas pelas autoridades locais. Essas pessoas não podem vir para o Amapá, como se aqui vivêssemos num Estado anárquico, onde inexiste lei e autoridade. E desandam a cometerem…

Nas garras do felino

E agora José? A turma quer saber como vai ficar a situação do presidente da Jucap, após proceder um arquivamento de uma Alteração Contratual, eivada de nulidade e que prejudicou várias empresas e acionistas? Governador Camilo precisa abrir o olho. “Seje forte!” Na casca do alho Dizem, que quando uma pessoa é “esperta”, no pior sentido do termo, é porque ela foi passada na casca do alho. É... Também não entendo o ditado, pois o alho, além de ser um condimento delicioso, ainda tem a fama de espantar o diabo. Bem! Se esse adágio é verdadeiro, deixaram o Jorge Augusto e o Neto entrar na fila várias vezes. Duplazinha lisa mano. Sejem fracos!” Em recuperação Deputado Federal Davi Alcolumbre, pré-candidato do DEM a PMM, esteve enferma, mas já está recuperado e aquecendo a turbina para dar prosseguimento na campanha rumo ao Laurindo Banha. Saúde é o que interessa, o resto não tem pressa. Içaaaa! “Seje forte!” Carolaine Carolaine, é a personagem do Zorra Toral, programa humorístico da Globo, persegui…

Escândalo Jucap ratifica estelionato empresarial

Imagem
Roberto Gato  Da Superintendência 
A empresa Ecometals Manganês do Amapá Ltda., está ingressando com um mandado de segurança na justiça federal, contra ato do presidente da Junta Comercial do Amapá, para garantir a eficácia dos atos constitutivos e respectivas alterações da empresa, desfeito pelo presidente da JUCAP, Jean Alex, através do arquivamento na 5ª alteração contratual da empresa de mineração Alto Tocantins, que passa o controle acionário da Tocantins para os advogados Antonio Tavares Vieira Neto e Luiz Alex Monteiro. Numa atitude administrativa eivada de equívocos e sem os mínimos zelos administrativos, Jean Alex, respaldado em uma insólita portaria, passou por cima da Constituição Federal, ignorou a coisa julgada, segurança jurídica e atropelou, desastrosamente, uma decisão do Conselho de Vogal da Junta Comercial do Estado do Amapá, para dar “aso” a uma manobra que já foi perfeitamente identificada por perícia da Polícia Federal, como fraudulentas. Com a equivocada atitude, Je…
Nota de Repúdio APONTAMENTO DE INDIGNAÇÃO E VEEMENTE REPÚDIO CONTRA A JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO AMAPÁ
Em 04 de janeiro de 2008 a empresa ECOMETALS MANGANÊS DO AMAPÁ LTDA foi regularmente constituída, nos exatos termos das leis nacionais, com registro de seus atos constitutivos na Junta comercial do Estado do Amapá.
Desde sua constituição a ECOMETALS MANGANÊS DO AMAPÁ LTDA desempenha com tenacidade sua atividade mercantil e pugna por seus direitos nas instâncias administrativas e judiciais de modo a assegurar a consecução de projetos minerários.
Surpreendentemente, em 06 de dezembro de 2011, através da PORTARIA N. 36/2011 – JUCAP DE 01 DE DEZEMBRO DE 2011 – D.O.E n. 5118, a ECOMETALS MANGANÊS DO AMAPÁ LTDA teve anulados seus atos constitutivos e respectivas alteraçõespela JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DO AMAPÁ que transformou, insolitamente, em uma empresa meramente informal, estancando às inteiras todos os tratos sociais em curso,  especialmente por ser a ECOMETALS MANGANÊS DO AMAPÁ LTDA con…
Imagem
Eleições 2012 TRE na fiscalização para o cumprimento dos prazos do calendário eleitoral





De John Pacheco Da Reportagem\Estagiário
Para o pleito deste ano, o TRE intensificará o acompanhamento junto aos movimentos políticos para atentar aos prazos do calendário das eleições de 2012, que faz parte do código eleitoral, que rege as regras para a condução das eleições em todo território nacional. O primeiro prazo cumprido foi o do dia 7 de outubro de 2011, um ano antes da votação, em que os partidos, que pretendem participar das eleições deste ano teriam que entregar o registro de seus estatutos e dos políticos que pretendem se candidatar nas eleições deste ano. À hora da verdade Entre os dias 10 e 30 de junho, o TRE designou para os partidos realizarem suas convenções destinadas à decisão sobre a escolha dos candidatos do partido ou fazer coligação, para  Prefeito e para Vereador. A partir desta data, também qualquer programa de rádio e televisão apresentado ou comentado por candidato não poderá…

Eleições 2012 PC do B segue confiante rumo à PMM

Imagem
Com um nome forte do partido no Amapá, o do  deputado federal Evandro Milhomen, o PC do B pretende alcançar o Palácio Laurindo Banha. Abinoan Santiago Sans O  Partido Comunista do Brasil (PCdoB), está mais confiante do que nunca quanto a pré-candidatura de uma das suas mais ilustres personalidades, o deputado federal Evandro Milhomen. Segundo o presidente do diretório estadual do partido, Luis Pingarilho, a sigla acredita que é a hora de ousar nas eleições, que tem como objetivo, o desafio de eleger cinco prefeitos no Amapá, incluindo na capital, que por sinal, é a maior ambição do partido. A decisão de lançar Milhomen à Prefeitura Municipal de Macapá (PMM), ocorreu ainda no ano passado, na 10ª Conferência Estadual do PCdoB, com a presença de dirigentes nacionais do partido. Nome forte De acordo com Pingarilho, o deputado Milhomem, tem o total apoio estadual e nacional da sigla devido a sua trajetória política. “O partido sabe da importância da candidatura do Milhomem à prefeitura, pois o …

Saúde Pública Crack assola o Estado do Amapá

Imagem
De doze municípios pesquisados, sete já possuem incidência da droga. Abinoan Santiago Sans Da Reportagem
Muitos dizem que o mal do século é a depressão. Porém aqui no Brasil, podemos afirmar que o grande desafio a ser enfrentado está num “tiro”, ou seja, o crack, substância surgida nas Bahamas, na década de 1980. Segundo uma pesquisa realizada pela Confederação Nacional dos Municípios, 91% das cidades brasileiras já possui incidências da droga, o que corresponde a 4.430 dos 5.556 municípios brasileiros. Aqui no Amapá não é diferente, dos dezesseis, doze foram pesquisados, e sete apresentaram incidências de crack, são eles: Vitória do Jari, Mazagão, Macapá, Santana, Laranjal do Jari, Serra do Navio e Pedra Branca do Amaparí, apontou o estudo.
No Amapá O Amapá está dentro de uma política nacional implantada pelo Governo Federal, com o intuito de combater o crack através de programas sociais. Uma das medidas de combate está na prevenção, como é o caso do Programa Educacional de Resistência às…

Dossiê - Vicente Cruz

Governo Paralelo: o erro de Gilvan; o erro de Camilo. O ex-Senador Gilvan Borges, no propósito de construir uma ferrenha oposição ao governo de Camilo Capiberibe, valeu-se da ferramenta política denominada “governo paralelo”. O instrumento é democrático e não é nenhuma novidade prática ou teórica. Já fora utilizada nos países de experiência democrática e é, em síntese, um meio responsável de se fazer oposição. No Brasil Lula fez isso e deu origem ao Instituto da Cidadania.  Os governos paralelos formulam políticas alternativas e apontam as falhas dos governos a que se opõem e  nada executam. O governo paralelo de Gilvan Borges, contudo, faz ou quer fazer e nada formula. Aí o erro fatal que desmorona a idéia democrática. Vivemos num Estado Democrático de Direito que vale para o Governo e para seus opositores e sua essência é, no dizer popular, “cada um no seu quadrado”. Cabe ao governo legitimamente eleito exercer a massa de atribuições que a Carta Política lhe defere que, de regra, é in…
Juventude e Adolescência
Ministério Público firma TAC com o Município de Pedra Branca do Amaparí para construção de Abrigo O TAC estabelece que o Município apresente projeto de criação da entidade dentro de um mês
A Promotoria de Justiça de Serra do Navio firmou, no dia 23 de janeiro de 2012, Termo de Ajuste de Conduta que tem por objetivo infundir o Poder Público municipal a construir uma instituição de abrigamento.
Segundo o promotor de Justiça Marco Valério, a demanda por uma instituição de abrigamento no Município de Pedra Branca do Amaparí vem crescendo vertiginosamente. “Cada vez mais, as políticas de atenção às crianças e aos adolescentes em situação de risco enfrentam o desafio das precárias condições de vida em que estas se encontram, vivendo no cotidiano, muitas vezes, situações extremas de exclusão social, em que os direitos assegurados no Estatuto da Criança e do Adolescente não são respeitados” assegurou Marco Valério.
A prefeita de Pedra Branca do Amaparí, Socorro Pelaes, afi…
As Feiras são “Malucas” e funcionam como “baiucas” Autor: José Alberto Tostes
           Recentemente o tema das Feiras tem sido muito debatido e discutido pelos meios de comunicação, tal debate tem ocorrido principalmente em relação à Feira localizada na parte central da cidade às proximidades do Mercado central. Nenhum problema tem efeito sem causa a questão que envolve as feiras e venda de produtos alimentícios é um caso grave e não tem tido o tratamento adequado pelas autoridades, principalmente pelos próprios feirantes.            A organização de qualquer área pública é de responsabilidade conjunta, poder público, associação dos feirantes, e a sociedade que usufrui dos serviços. Nas duas últimas décadas, as áreas de feiras foram decaindo em função do crescimento do setor de hortigranjeiros oferecidos pelas redes de supermercados. Na prática, as feiras foram aos poucos se constituindo em um espaço periférico e com condições de estrutura física bastante precária.            São muito…
Imagem
IJOMA PMM doa terreno e R$ 50 mil em Convênio O Instituto do Câncer Joel Magalhães (IJOMA), é uma entidade sem fins lucrativos e sobrevive às custas de doações e de trabalho voluntários. Com intuito de angariar fundos para dar continuidade as suas atividades de apoio aos portadores de câncer e não possuem condições financeiras para se manterem durante o tratamento. A Prefeitura de Macapá, entrou na campanha para ajudar o INJOMA e promoveu, no início do mês de janeiro, um Show beneficente com o cantor Osmar Jr ,no Malocão do Sesi ,para arrecadar lençóis e cobertores. Foram 400 convidados. Todos os ingressos foram adquiridos pela Prefeitura e colocados à disposição do Instituto, que promoveu a distribuição em troca dos donativos. Além disso, no final de 2011, o prefeito Roberto Góes, assinou convênio de R$ 50 mil com o Instituto do Câncer Joel Magalhães. Além do convênio, o prefeito doou uma área no bairro Alvorada, que será usada como casa de apoio para auxiliar pacientes acometidos da doe…
Imagem
Semana de Mobilização Saúde na Escola Ação contra obesidade infantil atingirá 120 escolas do Amapá.
Reinaldo Coelho Da Reportagem

A obesidade infantil aumentou cinco vezes nos últimos 20 anos no Brasil, acusam os especialistas. Entre as principais consequências, está o  aumento de casos de diabetes e problemas cardiovasculares, além do aumento dos níveis de colesterol e triglicérides. De acordo com a Sociedade de Pediatria de São Paulo, a obesidade infantil já atinge cerca de 10% das crianças brasileiras. Com a intenção de combater essa malefício, o Ministério da Saúde, lançou a primeira edição da Semana de Mobilização “Saúde na Escola”, que deverá acontecer no período de 5 a 9 de março em mais de dois mil municípios, atingindo 50 mil escolas,  cujo  tema é o Combate a Obesidade Infantil.
Neste quantitativo estão dois municípios amapaenses (Macapá e Laranjal do Jari),que fazem parte do Programa Saúde na Escola (PSE), e abrangerá mais de 120 unidades escolares. A parceria entre o Ministério d…