Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2011

Cai a máscara e a placa da falsa ICOMI

Imagem
Roberto Gato O jornal Tribuna Amapaense tem se dedicado a investigar o imbróglio do manganês no Amapá. Uma fortuna empilhada em terras de Santana e Serra do Navio, minas a serem exploradas no município serrano e tudo está parado em função de um litígio eterno. Entra e sai ano e a justiça tem sido a mediadora dessa contenda que diz de perto a todos nós amapaenses.

Editorial

Começou a política ou a politicagem Na semana que finda o cidadão foi surpreendido com o desentendimento político e administrativo envolvendo o prefeito Antonio Nogueira e José Matias, vice-prefeito. Razão que redundou na demissão do vice do cargo de secretário de saúde. O imbróglio foi desaguar na Câmara de Vereadores de Santana, onde uma tumultuada sessão decidiu por afastar o prefeito por noventa dias do cargo.

Explode o “coração” de Santana

Imagem
Reinaldo Coelho Da Reportagem
O prefeito Antonio Nogueira (PT), está à frente da administração do segundo maior município amapaense, há seis anos e nove meses, e manteve o slogan que Santana seria o coração do Amapá. Porém, este coração não resistiu e “explodiu”, politicamente, esta semana.

Vicente Cruz

Somos oligárquicas, sim senhor! Há uma coisa que os políticos amapaenses apreciam muito além do nosso bendito açaí com farinha de mandioca: a construção de oligarquias familiares, uma delícia. O sujeito nem bem conquista um cargo político e já pensa num membro da família dentro de uma das casas legislativas ou dentro de um órgão do executivo, tudo para fazer seu humilde “castelinho político”. Uns são habilidosos e tornam a ação tão natural que o povaréu sequer acredita que esteja construindo essa excrescência política. Outros, bem mais “cara de madeira”, já iniciam o projeto com os nomes familiares formatados e prontos para o consumo da “militância”.

DE TUDO UM POUCO.

A PRIMAVERA E O TRÂNSITO.
Mês de setembro, o desabrochar das flores na primavera embelezam as cidades, os campos, as várzeas e os vasos de flores pendurados nos alpendres das casas. É o mês do Equinócio da Primavera, espetáculo que todo ano, no monumento do Marco Zero do Equador, enche de riquezas mil aquele belo logradouro, fato que encanta a todos nós macapaense e turistas de outras plagas. Quem tem o hábito de sair da cidade rumo aos campos e interiores, de pronto depara-se com os belíssimos ipês de flor amarela, espalhados aos encantos do sol do equador.

Uma palavra aos vestibulandos

Imagem
Aline Colares “O temor do SENHOR é princípio do saber...” (Provérbios 1: 7a) Vestibular! Que palavrinha impactante. É uma fase a qual todos os professores envolvidos e até os mais “experientes” fazem um grande Bicho de Sete Cabeças. Se muitos destes soubessem confortar mais do que amedrontar, toda a pressão e expectativa demasiada que se é colocada neste concurso seria menor, e vocês, vestibulandos, mais confortáveis estariam quando o assunto fosse esse. Apesar de não ter tanto tempo que saí deste meio, tem sido interessante, e por que não dizer aliviante, poder ter outra (nova) perspectiva dessa fase tão importante e decisiva para a vida de um estudante. Acredito que aqueles, os quais um dia já passaram por isso com muito esforço, jamais esquecem.

Soltando o verbo

FRASE DA SEMANA “Não é irônico? Ignoramos aqueles que nos amam e amamos aqueles que nos ignoram. Ferimos quem nos ama e amamos aqueles que nos ferem” (Roberto Gato, jornalista, guru e dono do jornal)

Sobreviventes - Maria de Jesus Pereira Vieira & Iveto Rodrigues de Oliveira

Imagem
“Vivemos felizes aqui” Maria de Jesus Pereira Vieira & Iveto Rodrigues de Oliveira
Abinoan Santiago Da Reportagem/Estagiário Em comemoração ao Dia Mundial do Idoso (01 de Outubro), o Tribuna fará o sobrevivente de uma maneira um pouco diferente, pois essa semana entrevistamos duas pessoas que não ligam para a sua idade, que apesar dos problemas em suas vidas, os mesmos conseguiram dar a volta por cima e hoje abrem a boca sem medo de falar a frase: “Eu vivo feliz aqui”, mas você deve está se perguntando sobre esse “aqui”, pois bem, essa palavra se refere ao Abrigo de Longa Temporada São José que com pessoas capacitadas, dispostas e carinhosas recebem senhores e senhoras da terceira idade a cada ano. Os nossos sobreviventes vivem no abrigo, porém como muita alegria. Os personagens dessa semana é a Dona Maria Raimunda de Jesus Pereira Vieira, nascida no dia 16 de Maio de 1931 no município de Amarantes no Estado do Piauí e o Seu Iveto Rodrigues de Oliveira, nascido em 1938 no dia 25 de Set…

Educação –Sublime Trajetória

É fundamental que analisemos a educação como prioridade, trabalhada numa linha organizada, na qual, os componentes harmonizam suas ideias e suas descobertas, através de pesquisas didáticas, estabelecendo parâmetros para obter a relação existente para demonstrar o índice de aproveitamento na realização das atividades exercidas no âmbito do trabalho educativo. Toda a questão educacional pauta-se numa dimensão ampla, exigindo raciocínio correto e justo sobre todas as ações concernentes ao modelo de educação que a sociedade deseja obter de acordo com seus anseios.

Amazônia: Os motivos da escrita: abstrações, transformações, ligações

Para que escrevemos tanto? Para quem? Quem lê? Quem nos acompanha? O silêncio das palavras representa algo? No mundo das opiniões onde estamos situados? Há aqueles que dizem ser essa uma tendência de nossos tempos: a possibilidade de opinarmos livremente, tendo a nosso favor veículos democráticos, tendo um cenário vasto e muitas vezes não claramente definido de leitores. Nesse desconhecimento não sabemos com certa clareza quais as opiniões dos leitores, como se desenvolve a receptividade de certas idéias, como são utilizados esse conjuntos de textos, imagens, áudio, filmes, dentre outros meios de recorte do nosso tempo.

Brasil Sem Miséria – IFAP

Imagem
Amapá terá dois núcleos de Mulheres Mil Reinaldo Coelho Da Reportagem
Uma experiência valida de inclusão social para mulheres em situação de vulnerabilidade social, levou em2007, a uma parceria da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação (MEC) ) com universidades canadenses. Por intermédio de 13 institutos federais de educação, ciência e tecnologia, o projeto atendeu mil mulheres em 13 estados do Norte e Nordeste. Desde então, cerca de 1.200 mulheres já foram beneficiadas com cursos profissionalizantes em áreas como turismo e hospitalidade, gastronomia, artesanato, confecção e processamento de alimentos. O Programa Mulheres Mil tem como objetivo oferecer as bases de uma política social de inclusão e gênero, mulheres em situação de vulnerabilidade social têm acesso à educação profissional, ao emprego e renda. Os projetos locais são ordenados de acordo com as necessidades da comunidade e segundo a vocação econômica regional. O programa Mulheres Mi…

Sociedade X Fome

Apesar do termo também conotar uma problemática social, trataremos a fome como sendo a sensação fisiológica que nos faz procurar e ingerir alimento para satisfazer as necessidades diárias de nutrientes. O ato de ingerir alimentos é causado por uma série de estímulos (ou sinais). Entre eles está a diminuição, no organismo, da quantidade de nutrientes como glicose, aminoácidos, gordura ou mesmo a diminuição da temperatura interna. Fica claro fazer a ligação: se uma pessoa come para obter nutrientes (e energia) para o organismo, então sua falta deve levá-la a procurar o que comer. Porém, surge uma dúvida: será que é preciso diminuir totalmente o estoque de nutrientes do organismo para que uma pessoa ou um animal sinta fome?

Editorial da Edição nº 272 do Jornal Tribuna Amapaense

Imagem
E não é que veio de Garanhuns!
O Amapá, recebeu uma pomposa e merecida homenagem no Senado da República. Foi um dia para saudar o aniversário do Território Federal do Amapá, com direito a Marabaixo, com os nossos menestréis do Laguinho e da Favela, á execução majestosa do Hino do Amapá, na voz inconfundível de Patrícia Bastos e muitos discursos. Foi uma festa retumbante. O Amapá, não tinha tido até o dia 13 de setembro de 2011, nenhuma homenagem dessa magnitude, transmitida ao vivo pela TV Senado, e o responsável por tudo isso, foi um jovem senador, aliás, o mais jovem do Senado. O mais jovem, mas não o menos competente, não o menos brilhante, não o menos arrojado. Ele é Randolfe Rodrigues (Psol). Na realidade, o Amapá se ressentia de um senador que o representasse com inteligência e efetividade. Participação. O senador Randolfe, está debutando no meio de homens experimentados, da estatura política de Pedro Simom, Álvaro Dias, Cristovam Buarque, Jorge Viana, José Sarney, apesar da contro…

Artigo

As estatísticas e o trânsito Raul Tabajara (*) O trânsito de veículos em Macapá deve ter sido um dos assuntos mais comentado na imprensa amapaense nos últimos meses.Os números de acidentes e vitimas são inicialmente assustadores como indica os noticiário policiais. Não somos especialistas na área de engenharia de trânsito, porem o bom senso indica que para termos uma redução nas estatísticas, é necessária a efetivação de um plano com certa urgência. Mais para isso, precisamos conhecer alguns dados que envolvem a população e a área da cidade de Macapá. O Município possui uma população estimada de 407 mil habitantes, residindo em uma área de 6.562 km ², proporcionando uma densidade demográfica de 62 hab/km. O Município é dividido em cinco distritos: Macapá, São Joaquim, Fazendinha, Carapanatuba, Bailique. No Distrito sede, Macapá, certamente 395 mil pessoas reside em 2.900 km², perfazendo uma densidade demográfica para o distrito de 136 hab/km²,duas vezes que a do município. Quando observa…

Garras do Felino

Nas garras do felino Jacinta Não falo da libélula, mas da jornalista, aliás, graduada e pós graduada jornalista, tenho certeza que, até com profunda formação teórica, mas vazia quando se trata de maturidade. Na posição que ocupa, sair twitando sandices, é de uma infelicidade impar. Jacinta, isto não te pertence mais, filha. “Seje fraca!” Sinal amarelo A preclara Jacinta, com suas declarações irresponsáveis, do ponto de vista político, acendeu o sinal amarelo entre o executivo e o legislativo. Será que a Jacinta vai dar uma de assassina do arquiduque, Fernando Ferdinandes. “Peace!” É do que precisamos. “Seje fraca!” Mais bonita e legal Quem passa na FAB não percebe, mas a AL está mais bela e confortável por dentro. Caprichoso esse Moisés Souza. Segundo ele, a organização não está só no espaço físico, mas também nas contas da CASA. Tudo lá, vocifera Moisés, está dentro da lei.Será recado? “Seje forte!” Caras de pau Chupa essa manga com pó de manganês. A Durbay e Jorge Augusto, usam um demonstra…

Materia de Capa

Imagem
Estelionato empresarial
Cai a máscara de Jorge Augusto e seus parceiros  Roberto Gato Da Superintendencia
O jornalismo investigativo do Jornal Tribuna Amapaense continua firme no propósito de trazer a luz os obscuros negócios no campo mineral que vêm sendo feitos em série pelo “empresário” Jorge Augusto e os parceiros que representam a Durbay Natural Resources em função das pilhas milionárias de manganês deixado pela ICOMI.
Com a série de reportagens sobre o fato, desnudando a origem nebulosa da venda da ICOMI para Alto Tocantins, os sucessivos golpes dados em parceiros que caíram na ardilosa conversa de Jorge Augusto e, por último, o estelionato empresarial que está sendo executado com a maestria costumeira por Jorge Augusto e seus sócios o jornal começou a ganhar adeptos nessa verdadeira cruzada cívica pela defesa dos interesses do Amapá que até agora tem sido o maior prejudicado com o impasse na solução desse imbróglio que já dura quase dez anos nas gavetas da justiça amapaense.
Durante …

Artigo - Roberto Gato

Quimera eleitoral A Revista Veja, publicou em sua edição 2233 /número 46, uma esclarecedora reportagem sobre voto distrital, intitulada “COMO AUMENTAR O PESO DO SEU VOTO”, assinada por Fábio Portela. Uma reportagem Pedagógica, eu diria. Com essa modalidade de votação, o quociente eleitoral vai pro espaço. Sem a necessidade da equação matemática, cuja fórmula é (NVV – NVG = X), Número de Votos Válidos dividido pelo Número de Vagas, o resultado é o famigerado, quociente eleitoral. Com o voto distrital, essa operação matemática desaparece e, com ela, a corrida dos partidos atrás de bons nomes, para servirem de bucha eleitoral (pessoas que se candidatam apenas para ajudar a fazer o quociente eleitoral). O atual modelo, penaliza o cidadão eleitor, que, incentivado pela maciça campanha midiática, patrocinada com dinheiro público, pelo TSE e TER´s, é instado a votar, oumelhor, é empurrado as urnas de forma coercetiva, pois se não comparecer, sofre uma série de penalizações, que vão da multa a…

Esporte

Imagem
Badminton nas Olimpíadas Escolares
Começou no dia 9/09 e termina neste domingo, 18 de setembro, em João Pessoa-PB, a fase nacional das Olimpíadas Escolares 2011, categoria 12-14 anos. Quinze Estados serão representados na modalidade Badminton, entre eles está o Amapá.
O atleta Gabriel Melém Maués, da escola Conexão Aquarela, é o representante amapaense. Ele foi o campeão na categoria sub-14 absoluto da fase estadual. O aluno-atleta trem um bom currículo onde constam uma medalha de prata no 1º Open de Badminton no Meio do Mundo, categoria simples masculino sub-13, e uma medalha de ouro na categoria duplas masculino sub-13, no mesmo torneio.
Junto com o atleta amapaense está o Prof. Aldir Dantas, compondo a delegação do Amapá. Recentemente o Badminton foi incluído nas Olimpíadas Escolares Estaduais, categoria de 15 a 17 anos, fruto de uma parceria entre a Secretaria de Estado do Desporto e Lazer - SEDEL e a Federação de Badminton do Amapá - FEBAP.
Olimpíadas Escolares 15-17 anos
No último di…

CRTN: O “GRITO PELA SAÚDE”

Imagem
Recentemente, em 31.08 e 01.09.2011, o CRTN participou de dois eventos de audiência pública para discutir sobre as práticas complementares e terapias naturais de saúde. Esses métodos complementares vêm sendo recomendadosdesde a década de 70 pela OMS( Conferência de Alma Ata, 1978) e são aplicados no CRTN e no sistema público de saúde do Amapá(SUS/AP) desde 2004. Essa convocação coincide com um evento promovido pela Igreja Católica, o “Grito dos Excluídos”, que acontece desde 1995 no dia07 de setembro, Dia da Independência. É um dia de cidadania e protestos, que dá voz aos considerados à margem da sociedade, puxando bandeiras de lutas pelos direitos adquiridos e dos movimentos populares de grupos e minorias (negros, índios, idosos, mulheres, sem terra, favelados, deficientes, etc.). O tema deste ano é “Pela vida, grita a terra, de todos nós”. Os eventos foram convocados pelo Legislativo Municipal de Macapá (Ver. Washington-PSB) e pela Assembléia Legislativa (dep. Roseli Matos - DEM), ond…
Imagem
Nossos profissionais bacharéis e seus (re)cursos
Uma boa fala de um bom: “Hoje emdia sabemos o preço de tudo... e o valor de nada”. Será mesmo sintomático a forma como se desenvolve a educação atualmente? Como estamos nós, educadores, estudantes, familiares, instituições, sociedade em geral? Será que a educação deixou de ser aquilo que há muito tempo um dia já foi? Como era? Quais valores revestiam a prática, o respeito, o entendimento sobre educação? A questão indaga todos os níveis, não somente aquele que forma profissionais qualificados, possuidores de canudos do terceiro grau, habilitados para o exercício da atividade, nesse cenário que chamamos sociedade. A questão repercute na formação desses indivíduos sabedores de seu oficio, sua habilitação condizente às necessidades sociais. Um certo valor discutível está evidenciado naquilo que é o propósito de ser profissional em tal área, a real dedicação e compromisso com tal formação e no métier de cada formação, no cotidiano do tornar-s…

Dossiê - Vicente Cruz

A caminhada das “Mãos Limpas” e a miséria da hipocrisia
No último dia de 10 de setembro a massa do governismo do Estado ensaiou uma caminhada pelo centro da cidade, denominada “Mãos limpas-01 ano”, sob o pretexto de repúdio à corrupção. Referia-se, logicamente, a operação deflagrada pela Polícia Federal que há um ano levou presos vários políticos locais, dentre eles, o ex-governador Waldez Góes, o governador em exercício Pedro Paulo de Carvalho e vários secretários de Estado. As prisões preventivas e temporárias, visavam preservar provas de supostas corrupções ocorridas no governo anterior. Segundo os mentores do movimento a manifestação tinha por objetivo dizer não à impunidade e postular pela condenação dos responsáveis pela lesão ao erário e inibir atos de corrupção no Estado. A meninada da juventude socialista abraçou o movimento como guerrilheiros valentes prontos a enfrentar as intempéries de uma “revolução”. O Senador, não empossado, João Alberto Rodrigues Capiberibe, foi um dos e…
Imagem
FRASE DA SEMANA “Ao tentar corrigir um erro, eu cometia outro. Sou uma culpada inocente”. Clarice Lispector UM JORNALISTA DE AMENIDADES

Acho que sou jornalista (apesar de meu amigo Fernando Canto, por extremada bondade, também dizer que sou poeta).Escrevo toda semana nesta coluna. Diariamente, quando leio a pequena biografia que o Roberto Gato, aqui da redação, escreveu embaixo do meu nome, lembro-me das críticas de um professor que dizia que todo jornalista se acha poeta, romancista, cronista e Deus, tudo ao mesmo tempo.
A verdade é que, mesmo depois de anos de universidade (de Ciências Sociais, não Jornalismo) e alguns textos publicados em jornal, nunca me senti um jornalista de fato. Os telejornais me enfadam, gosto deles menos até do que quando era criança e meu pai os via na hora do desenho animado. Leio o jornal de trás para frente, como um leigo, e só passo das manchetes quando as fotos me chamam atenção e me dizem que aquela reportagem tem relação direta com o meu cotidiano. O me…

Sobrevivente - João Picanço e Silva

Imagem
“Eu tenho muito amor por essa terra” João Picanço e Silva Abinoan Santiago Da Reportagem/Estagiário Nessa semana temos o enorme prazer de retratar a vida de um dos pioneiros na área da comunicação do Estado do Amapá, um cara que começou muito cedo, 20 anos, filho dos amapaenses Emanuel Serra e Silva e Antônia Picanço e Silva, casal que lhe deram sete irmãos e, veio ao mundo no dia 7 de Dezembro de 1946. Foi casado duas vezes, dos quais renderam frutos, como: 5 filhos e 6 netos. A equipe do Tribuna Amapaense está falando de: João Picanço e Silva, conhecido mais comoo João Silva e para os mais íntimos “Balalão”. É um homem que pelas sua veias passam quatro paixões, o Amapá, o jornalismo,o futebol, e o samba, nesta ordem.
Juventude em Macapá João Silva passou parte da sua infância no Paço da Matriz – área ao redor, onde hoje é a Praça Veiga Cabral, e segundo ele fazia algumas incursões pelo bairro do Trem para jogar um belo futebol. Como muitas crianças de décadas atrás, João Silva também teve …